January 23, 2024

News #22 | IA da Meta que lê pensamentos 👀


Boa tarde, astronautas digitais!


Sempre muito bom vê-los por aqui. Estão prontos para o resumo Basenews sobre as notícias da semana?


Então se preparem porque hoje vai ser chuva de atualização sobre Inteligência Artificial, incluindo a pesquisa da Meta para viabilizar uma IA que permite a criação de contextos visuais a partir de atividade cerebral 🤯


É o futuro do digital acontecendo no agora com aquela mescla de amei x os robôs vão dominar o mundo 🫠


Então sim, essa é mais uma Basenews trazendo notícias de IA para você, pois essa semana a Inteligência Artificial está tão popular quanto lançamento de filme da Barbie. 💁‍♂️


Além da novidade da Meta, o Youtube também anunciou um chatbot focado para necessidades da plataforma e mais uma funcionalidade que podemos apelidar de resumão de comentários. Ah, e também tem o Grok 🗿, o chatbot do X.


Prontos, então vamos lá! 🚀✨


(Photo by Eyestetix Studio on Unsplash)


Está chegando duas novidades no YouTube:

Chatbot de IA e Resumão nos Comentários 🎬


Bom, você deve estar se perguntando, como isso pode ser uma novidade se todo mundo está fazendo a mesma coisa?


Ousamos dizer que muito possivelmente a mãe do YouTube disse a ele que ele não é todo mundo, e é por isso as novas IA's da plataforma irão trabalhar em prol de uma experiência que gira a favor das funcionalidades do YT, e não só seguir a manada. 😅


Então, a plataforma está se preparando para lançar o seu chatbot de IA, até aí a gente nem se surpreende tanto, pois ao que tudo aponta a Inteligência Artificial é o novo preto no mundo da moda das tecnologias no digital.


Mas o legal da função do chat, é que terá como foco maior responder perguntas sobre os vídeos que você assiste na plataforma. Vai ser muito útil, pode confiar!


A ferramenta de IA do YouTube, por sua vez, permitirá que os espectadores façam perguntas sobre um vídeo, com o objetivo de se aprofundarem em determinados tópicos. 🫶


O pessoal do YouTube comentou que estão explorando maneiras de integrar a IA generativa à experiência do YouTube para tornar seu uso mais fácil e agradável.


Mas o que chamou bastante atenção é a funcionalidade dos resumos de comentários, e para quem cria conteúdo no YT, irá perceber a grande facilidade que essa IA vai trazer.


Os resumos servem para que creators consigam analisar com maior facilidade a conversa em torno de cada clipe criado obtendo mais contexto sobre os interesses dos espectadores. 🤔


A ideia é criar sub-discussões dentro da sessão de comentários, permitindo com que criadores vejam o que as pessoas estão dizendo sobre elementos específicos.


“Os criadores podem usar esses resumos de comentários para entrar mais rapidamente nas discussões de comentários em seus vídeos ou para obter inspiração para novos conteúdos com base no que seu público está discutindo. Se os criadores quiserem remover algum tópico de comentários, eles podem excluir comentários individuais que aparecem no tópico específico.”


Bom, ainda teremos que ver essa atualização na prática, mas por hora parece promissora e preparada para facilitar nossa vida no digital 😉


(Photo by Alexander Shatov on Unsplash)


Acaba de chegar o novo chatbot de

Inteligência Artificial do X, o Grok!


(I am Grok 🗿)


Com um nome já carregando de muita personalidade, podemos perceber que até o tom da pronúncia chega a soar meio pontiagudo, assim como o nome X.


Talvez tudo isso esteja relacionado com a intenção da empresa em posicionar o chatbot de uma forma diferente do que já estamos acostumados, com um pouco de rebeldia. 💣


“Grok foi projetado para responder perguntas com um pouco de inteligência e uma veia rebelde, então, por favor, não o use se você odeia humor!” - diz o site oficial do X.


Além de ser uma IA que já reconhece informações em tempo real, o Grok também terá a habilidade e permissão, para responder perguntas sensíveis que normalmente não são respondidas pela maioria dos chatbots disponíveis no mercado. 🥸


Sabemos desde o começo da jornada de Elon Musk com a compra do Twitter e a transição para o X, que um dos seus discursos sempre foi sobre a liberdade de se expressar a verdade.


O empresário também tem feito críticas recentemente em relação a censura do ChatGPT em determinados tópicos. Ao que tudo aponta, o Grok virá como um contraponto para ser uma “melhor representação da verdade”, segundo ele mesmo - Elon Musk - define. 👀


E como você pode fazer para testar mais essa possibilidade no digital?


Bom, para começar, é importante dizer que o Grok faz parte do sistema Premium do X. Isso mesmo, astronauta… vai ter taxa para explorar essa galáxia.


Para isso você precisa assinar o X Premium+ por US$ 16 por mês, e lá estará o recurso do Grok, junto com a opção de não receber anúncios na sua experiência dentro da plataforma, entre outras funcionalidades do plano.


E aí, o que você achou? 🤔


(Photo by Bastian Riccardi on Unsplash)


Diretamento do futuro da Meta:

Gerador de imagens via pensamento 🚀


Para a próxima notícia nós recomendamos que você esteja sentado, pois essa sim, é um marco significativo para o futuro do universo digital.


E quem está por trás disso? É claro, a Meta!


A empresa acaba de anunciar uma marco épico no cenário das Inteligências Artificiais, a Meta está investindo em tecnologia capaz de criar representações visuais através de processamento cerebral.


Chocante, não é mesmo? A gente te avisou. 🤯


Bom, vamos tentar facilitar ao máximo a compreensão para você, astronauta. Vamos lá?


A Meta está usando algo chamado de magnetoencefalografia, apelidada carinhosamente como MEG. 🤓


A MEG é um técnica de neuroimagem não invasiva que consegue captar milhares de medições cerebrais por segundo, e com o sistema de IA, a Meta será capaz de fornecer uma ferramenta que consiga decodificar essas representações visuais cerebrais para um cenário tangível em que poderemos ver essa manifestação no digital.


É como um prompt criado diretamente da sua mente! 😱


Mas vamos lá, como irá funcionar?


Durante suas pesquisas, a Meta desenvolveu uma arquitetura que foi treinada para decodificar a percepção da fala a partir dos sinais MEG. O sistema conta com três partes:


Codificador de imagem: constrói um conjunto de representações da imagem independentemente do cérebro.


Codificador cerebral: alinha os sinais MEG com as imagens incorporadas no codificador de imagens.


Decodificador de imagens: gera a imagem a partir das representações cerebrais.


Claro que essa é apenas a ponta do iceberg, e esperamos ainda mais notícias da empresa sobre como isso tudo irá funcionar efetivamente.


Segundo a Meta, os resultados mostram que a MEG pode ser usada para decifrar, com precisão de milissegundos, o surgimento de representações complexas geradas no cérebro. 🧠


“Esta pesquisa fortalece a iniciativa de pesquisa de longo prazo da Meta para compreender os fundamentos da inteligência humana, identificar suas semelhanças e diferenças em comparação com os algoritmos atuais de aprendizado de máquina e, em última análise, orientar o desenvolvimento de sistemas de IA projetados para aprender e raciocinar como os humanos.” Trecho retirado do site da Meta.


Por aqui estamos mega animados para ver como tudo isso ainda vai se manifestar, e como sempre, lembre-se: você ficou sabendo primeiro aqui na Basenews. 😎



Conclusões do dia… 🧐


A Inteligência Artificial irá seguir na frente das novidades do digital, bom, pelo menos por agora. Todo mundo quer participar, toda empresa quer ter e todo pesquisador quer agregar. O cenário é promissor!


E se você, astronauta digital, está vendo essa força de gente indo atrás desse assunto, talvez seja a hora de refletir o que mais você pode criar e agregar nas suas estratégias de conteúdo que envolvem a tecnologia. Até porque, ela claramente não pode ser ignorada.


Como sempre, deixamos a reflexão e aquela motivação para você interpretar da melhor forma na sua mente criativa. As possibilidades são inúmeras, mas o que você vai fazer a respeito? 👀

Bom, nos vemos logo menos, pessoal! Até a próxima segunda-feira às 13h32 para aquele café após almoço. ☕️


Logo

‍

A Basemaker foi criada para anunciantes atingirem seus objetivos de marketing com precisão cirúrgica. Seja bem-vindo ao mundo first-party data na publicidade!
2023 basemaker © all rights reserved
BASEMAKER SOLUCOES DE PERFORMANCE DIGITAL LTDA | 49.001.164/0001-22